Best*

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

um olhar, uma despedida.

A vida que eu vivi nem sempre foi em vão, Momentos menos cirúrgicos serviram-me de lição,

Construções em linha e melhor hieroglífica, É a sina mais linda da minha vida.


Se compus o que quis, Era porque simplesmente a minha vida não é ilusão,

Se por momentos na minha vida fui feliz, Agradeço profundamente, meu grande coração.


Singrei ou não, este é o meu mundo, Sou eu Apenas João, sinto o teu perfume,

A maior escalada, é a melhor lição, esta é a minha vida, apenas uma sugestão.


Se ganho ou perco amo os meus amigos, se sorri-o ou choro eles estão metidos,

Lembro-me de historias proferidas ao longo da minha sina, historias de putos intrometidos,

Guerrilheiros de uma vida, soldados irónicos, suicidas? É apenas o povo nipónico, era de Hiroshima.


Acordo, vejo, e esta tudo revoltado, tudo o que na minha vida fiz,

Em um dia foi devastado, as minhas lágrimas derramo, sinto o meu coração apaziguado,

Frieza interior, coração abafado, deus não é superior, sinto simplesmente o meu olhar apagado.

1 comentário:

Smilechild disse...

Mais um excelente desabafo sobre a vida =)
Gostei!