Best*

terça-feira, 6 de janeiro de 2009


Um adeus de amor que em breve voltarás.


Alegria é tua somente,

Conheceste aqui um amigo,

E um irmão possivelmente,

No real valor da palavra e certo sentido.

Em que a tua dor de ires embora,

Em mim esse ardor é sentido em pleno coração,

Não chores porque um homem também chora,

Esse homem sou eu,

João mação.

Choraste de alegria certamente,

Como te compreendo,

Ver teus amigos aqui em terra,

E tu bazares sem nenhuma satisfação,

Infelizmente,

Choraste com muita emoção.

Não é um adeus curto,

Mas longo certamente que também não,

Vens quando podes,

Compreendemos tudo isso,

Ficamos com a tua dor no adeus nas nossa mãos,

Só te pedimos que sejas feliz,

E que te lembres de nós em momentos de satisfação.

Lembraste dos momentos que passamos,

Foi um dia maravilhoso,

Sempre que nos vemos lembramos,

Desse dia louco,

Sou ganda tonto.

Sou “cusco” eu sei,

Tiveste sorte,

Porque te perguntei,

Porque estavas triste,

Eu não hesitei,

Fiz tudo para te por feliz,

A ver os “Metallica” comigo te levei.

Tanta coisa daqui para frente,

Tanta alegria em ti sinto,

Quando me revês de novo,

O teu coração de novo sinto,

Porque a tua alegria é inigualável,

Sinto isso ao longe,

Ao corres para os meus braços,

Querendo me abraçar.

Sabes que tudo isto chega para poucas palavras,

Porque vamos nos ver de novo,

Não é nenhuma novidade,

Espera só mais um pouco.


Um adeus de amor que em breve voltarás,

Estou situado no mesmo lugar,

Esperando um abraço que sei que me darás,

E novamente te voltarei a ver chorar,

Alegria eu sinto porque sinto que nunca me abandonarás!




Nothing Else Matters- rock in rio - Metallica