Best*

sexta-feira, 4 de julho de 2008

As frases que observei!

Observei varias frases que tu adoras,

Ao velas escritas,

Para mim são como boas notas,

Que eu usarei para te fazer sorrir,

Com frases construídas por mim,

Que mais parecem anedotas.

Eu Ao leras penso em ti,

Como tu fosses para mim,

Uma vida com quem eu nunca colaborei,

Que na minha vida tinha destino então,

Traçado por muitas melodias,

Que tu as cantavas e sorrias,

Ao mesmo tempo que me conhecias.

Olhar um pôr-do-sol,

Ter alguém que diga que te ama,

Esse parece ser o meu caso,

Ditava-o quando estava na borda da minha cama,

E quando a noite baixa e eu feito tonto.

Ao contar as estrelas que via no meu pijama.

Apaixonar-se Rir ate doer a barriga,

Esse caso eu nunca esqueceria,

Porque assim tanta dor não conteria,

Porque esse dia,

Foi com um momento desses,

Que com a minha vida contente ficaria.

Ver felizes as pessoas que amas,

Tu a mim não me enganas,

Porque foste a pessoa,

Que eu menos tempo aguentei,

Sem ouvir uma palavra,

Que todos os dias esperava,

Ao passar tempo eu ansiava,

Eu ruía-me de nervos,

Até que um dia hello,

Na escola me dizias,

E eu a pensar que ias-me dizer adeus.

Todas essas notas,

Que eu vi,

E que tu gostas,

Impus nas minhas letras,

Essas opiniões que tu adoras.

Quero escolher um lugar,

Aonde me poças escutar,

Sem que alguém se intrometa,

Quando te olho fixamente com o meu olhar.

Uma conversa contigo gostava de tentar,

Mas com uma vergonha destas,

Não me consigo aproximar,

Pareço indeciso,

Mas não dá para me contentar,

É apenas um momento de falta de inspiração,

Para que te consiga convencer,

Não é por te fazer sorrir,

Que algum dia virás a correr para mim.

Paciência é uma virtude,

Se não a tiveres,

Chato te podes tornar,

E que pessoas magoadas,

Tu afectaste com essa tua insistência,

Ao pensar que eu era um simples miúdo,

Afastaste-me apenas com um silencio,

Que para mim ficou marcado,

Para ti apenas 3 dias,

Para muitos mais que um ano.

Tanto tempo agora investido,

Nunca tinha feito algo igual,

Coisas de miúdos,

Tinha eu feito e tal,

Isto para mim mais perigoso é,

Porque vou ficar marcado,

Por um silencio teu que me incomoda,

Ficarei abatido com essa tal demora.

Mas como afirmei,

A paciência é uma virtude,

E que eu espero suportar,

Se calhar calado tenho eu que ficar,

Mesmo vendo tu a passeares,

Com outros rapazes,

Eu farto de te observar,

Sem nunca te poder comentar,

Porque nunca te conheci,

Mesmo gostando de ti,

Como a coisinha mais importante,

Que eu nunca esperei,

Que tu a mim me influenciasses tanto.

Posso ficar a tua espera,

Mesmo que morra ao observar-te,

Foste a coisa mais importante,

Que aconteceu,

Até hoje em toda a minha vida,

Se apenas me desses esperanças de te conhecer!



graças a um hi5 da mesma menina do testo abaixo!

obrigado por as teres lá!